28/01/2012

PMDB atribui ao PT ?ataque especulativo? no 2º escalão


Share/Bookmark
CHRISTIANE SAMARCO - Agência Estado
A cúpula do PMDB está convencida de que o partido está sob ataque especulativo do PT, que trabalha para avançar sobre o espaço político e administrativo dos peemedebistas Brasil afora. Foi nesse contexto que o Ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, interrompeu a semana de férias nos Estados Unidos e voltou a Brasília ontem só para confirmar a permanência "definitiva" de Sérgio Machado na presidência da Transpetro.
Discreto, Lobão confirmou apenas que fez uma viagem de dois dias aos Estados Unidos, embora só devesse retornar ao trabalho na terça-feira, e disse que realmente está "trabalhando para que haja paz no PMDB". Sua volta atendeu aos apelos de dirigentes peemedebistas, especialmente do líder no Senado, Renan Calheiros (AL), que é padrinho da indicação de Sérgio Machado para a Transpetro e estava aflito com os rumores sobre a demissão do afilhado.
O clima interno no PMDB é de desconfiança e apreensão por conta do que eles denominam "ataque especulativo duplo". Além de investidas paroquiais de petistas que se movimentam para desalojar aliados do PMDB de postos do segundo escalão, eles identificam uma espécie de ataque mais "estruturante", que serve ao projeto de poder do partido. Daí a manifestação rápida de Lobão, para não permitir que a crise do Dnocs se espalhasse, fazendo outras vítimas peemedebistas no segundo escalão.
"Querem nos asfixiar para disputar as eleições municipais em melhores condições", acusa o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Ele diz não ter dúvidas de que as investidas sobre o PMDB fazem parte do projeto de poder do PT e conclui: "Estão nos asfixiando nas bases, que é de onde vem a força do PMDB".

27/01/2012

Veja onde estão os “mortos” do Pinheirinho, que estão vivos. Ou: Canalha esquerdopata institui a “prova negativa”, coisa típica das tiranias que eles admiram


Share/Bookmark
Se você tem adversários pessoais ou políticos e quer acusá-los de assassinato e ocultação de cadáver, pode fazer a lista de nomes e mandar para o Portal Terra. Eles lá publicam a acusação mesmo sem haver a menor evidência. Quer dizer, não sei… Só se for coisa contra os petistas, acho que não… Publico em vermelho trechos de uma reportagem desse Portal. Volto em seguida:
*
As ONGs Rede de Comunidades e Movimentos contra a Violência e Justiça Global divulgaram na tarde desta quinta-feira os nomes de cinco pessoas supostamente desaparecidas durante a reintegração de posse no bairro Pinheirinho, em São José dos Campos, interior de São Paulo. De acordo com as organizações, um menino de 8 anos, um idoso e uma família de três pessoas teriam desaparecido. O comandante da Polícia Militar no Estado afirmou considerar “muito difícil” o sumiço de pessoas na ação.
(…)
O menino desaparecido seria Matheus da Silva, que de acordo com o relato de moradores entrou em estado de choque quando a PM invadiu a área. Sua família relatou que policiais teriam levado o menor para atendimento médico e, desde então, não se saberia mais notícias do garoto. Pedro Ivo Teles dos Santos, 75 anos, teria sido espancado pela PM e levado para um posto de saúde. Quem relatou foi a ex-mulher de Pedro Ivo, que desde então não tem qualquer informação sobre ele.
A família que teria desaparecido seria composta por Gilmara Costa do Espírito Santo, seu marido identificado apenas como “Beto” e o filho, Lucas. O advogado dos despejados diz que a busca vai abranger um raio de 100 km da ação policial. “Vamos solicitar registros de ocorrências em todas as cidades num raio de 100 km de distância de São José dos Campos. Se essas pessoas não aparecerem num prazo de 48 horas, vamos exigir que as autoridades sejam responsabilizadas”, disse Aristeu Pinto Neto.
Volto com a verdade
1) O Menino Matheus da Silva - Está internado no Hospital Municipal de São José dos Campos. Teve uma crise de apendicite e foi operado no dia 26 de janeiro.

2) Gilmara Costa do Espírito Santos, marido e filho - 
A família está hospedada, sã e salva, em casa de parentes, no bairro Satélite.
3) Pedro Ivo Teles dos Santos - Ainda não foi localizado, mas a Prefeitura e Polícia têm em mãos uma entrevista concedida por ele ao jornal “O Vale” depois da desocupação do Pinheirinho. Como morto não fala… O texto está aqui.NESSE CASO, FAÇO UM ALERTA À SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA!
Um dia antes da operação do Pinheirinho, Pedro Ivo fez um BO acusando a perda de documentos. Como os facinorosos estão doidos para arranjar um cadáver e como a tramóia foi desmoralizada, nada impede que dêem o jeito de arrumar um suposto “Pedro Ivo” morto.
De novo, AristeuVejam lá o último nome em destaque no texto do Terra. É o tal Aristeu, o advogado do Movimento dos Sem Teto que denunciou as mortes à Agência Brasil, o que rendeu reportagem. Como se vê, ele não muda de tática. Viram? Se as pessoas não aparecessem em 48 horas, ele anunciava: “Vamos exigir que as autoridades sejam responsabilizadas”.
Nas democracias, só existem “provas positivas”, nunca “provas negativas”, o que é típico das tiranias. Se eu digo que o Fulano é ladrão, tenho de exibir a prova positiva de que é ladrão. Ele, obviamente, não pode ser obrigado a provar que não é.
A tanto os meliantes morais obrigaram a Prefeitura de São José dos Campos e a Polícia: a provar que NÃO FIZERAM. Por esse método, vejam que espetáculo, eles podem apresentar uma lista infinda de nomes, e as autoridades que corram atrás. Atenção! SE UMA PESSOA NÃO APARECER PORQUE VIAJOU OU SEI LÁ O QUÊ, ENTÃO ELES CHAMARÃO ISSO DE PROVA!!! Vale dizer: a prova de que existe um morto é não existir o morto.
Diz a minha fonte em São José que duas outras pessoas também dadas como “mortas” — não estão na lista do Terra — foram igualmente encontradas. Não se esqueçam: isso começou quando a Agência Brasil, do governo federal e sustentada por todos os brasileiros (de todos os estados, de todos os partidos, além dos sem-partido), conferiu credibilidade a mentirosos delirantes.
Mais uma vez, evidencia-se uma tese antiga deste escriba: um esquerdista, mesmo diante da prova de culpa, será sempre inocente; um não-esquerdista, mesmo se inocente, terá de provar que não é culpado. Essa é a democracia deles!
Por Reinaldo Azevedo

Peluso inclui na pauta ação para julgar limites do CNJ


Share/Bookmark

Na sessão que marcará a estreia de Rosa Weber, tribunal julga liminar que impedia abertura de investigação por parte do CNJ

Mariângela Gallucci, de O Estado de S.Paulo
BRASÍLIA - Após ter sido acusado de tentar esvaziar os poderes de investigação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cezar Peluso, decidiu incluir na pauta dos julgamentos que a Corte fará na próxima quarta-feira, 1º, uma ação que pede limites nas apurações do CNJ.
Na sessão que marcará a estreia de Rosa Weber no plenário do STF, os 11 integrantes do tribunal definirão se confirmam ou não uma liminar concedida em dezembro pelo ministro Marco Aurélio. Na ocasião, ele determinou que o CNJ inicie investigações contra magistrados após os tribunais locais já terem apurado as suspeitas.
Em decorrência da decisão, a Corregedoria Nacional de Justiça ficou impedida de abrir por conta própria investigações contra juízes suspeitos de envolvimento com irregularidades. Antes de tomar qualquer iniciativa, ela tem de esperar os pronunciamentos das corregedorias estaduais.
"De fato, o tratamento nacional reservado ao Poder Judiciário pela Constituição não autoriza o Conselho Nacional de Justiça a suprimir a independência dos tribunais, transformando-os em meros órgãos autômatos, desprovidos de autocontrole", afirmou Marco Aurélio em sua decisão.
O julgamento de quarta-feira é considerado crucial para o futuro do CNJ, órgão criado pela reforma do Judiciário com o objetivo de exercer o controle externo da Justiça. Além dessa ação, o tribunal terá de analisar em breve uma liminar também concedida em dezembro, que paralisou investigações da corregedoria contra juízes de vários Estados. Nos procedimentos, eram apuradas suspeitas de pagamentos irregulares a magistrados.
A concessão das liminares abriu uma crise no Judiciário. Dias após as decisões, a corregedora nacional de Justiça, Eliana Calmon, deu uma entrevista coletiva em Brasília e deu respostas para acusações de que nas investigações teriam sido quebrados sigilos de magistrados. Ela negou que estivesse ocorrendo uma "devassa".

Dirceu defende diálogo no PT em torno de eventual acordo com PSD


Share/Bookmark

Embora defenda uma grande aliança, petista lembrou em seu blog que alguns setores do PT são contra a aliança

Gustavo Uribe, de Agência Estado
O ex-ministro-chefe da Casa Civil José Dirceu defendeu nesta sexta-feira, 27, "diálogo" e "paciência" em torno de uma eventual aliança entre PT e PSD à sucessão da Prefeitura de São Paulo. Em seu blog, o petista lembrou que a oferta feita pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva encontra oposição entre setores petistas e movimentos sociais, mas ressaltou que, para vencer uma eleição, é necessário compor uma grande aliança. "O fato é que a proposta de apoio à candidatura de Fernando Haddad, apresentada pelo atual prefeito, provocou um terremoto no partido na cidade", avaliou. "Primeiro, porque vem com o aval e o apoio entusiasta do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo, porque apoio não se recusa", acrescentou.
O petista ressaltou que, diferente de Lula, o presidente nacional do PT, Rui Falcão, já manifestou oposição a uma eventual aliança, assim como outras lideranças da sigla com peso político na capital paulista. "Algumas lideranças alegam que não podemos nos aliar ao prefeito, que negou e renegou todas as nossas políticas públicas." Ele ponderou, contudo, que o PSD, sigla criada pelo prefeito de São Paulo, faz parte da base aliada ao governo federal e reconheceu que há um "longo caminho" a percorrer no debate em busca de um consenso sobre um acordo. "É preciso muita conversa, diálogo e paciência. É necessário, também, o respeito às lideranças e aos movimentos", defendeu. "Caso contrário, podemos perder as eleições, antes mesmo de iniciar a campanha. Não se vence com um partido dividido."
Um eventual acordo entre PT e PSD será a pauta central da reunião do Conselho Político da pré-campanha de Fernando Haddad à sucessão municipal, promovida neste sábado, 28. O encontro, que será o primeiro compromisso do pré-candidato do PT na condição de ex-ministro da Educação, definirá o futuro das negociações entre os dois partidos.

Vale recebe o nada honroso ‘Oscar da Vergonha’ com 25 mil votos


Share/Bookmark


Carregamento de minério de ferro em uma das minas de Carajás
Foto: Marco Antônio Teixeira/28-11-2003

Carregamento de minério de ferro em uma das minas de CarajásMARCO ANTÔNIO TEIXEIRA/28-11-2003

RIO - Mais de 88 mil pessoas participaram da votação, promovida pelo site Public Eye People's e patrocinada pelo Greenpeace, para eleger a pior empresa do ano. E os eleitores decidiram entregar o “Oscar da Vergonha” para a Vale. O resultado final foi divulgado em Davos, onde está sendo realizado o Fórum Econômico Mundial, entre os dias 25 e 29 de janeiro.

A companhia é a primeira brasileira a concorrer ao pleito, realizado a partir de 2000. Desde segunda-feira na liderança, ela foi defenestrada por 25.042 eleitores - 797 a mais que a japonesa Tepco, que opera as usinas nucleares de Fukushima. Também participaram do concurso a sul-coreana de eletrônicos Samsung (19.014 votos), o grupo bancário Barclays (11.107), a suíça de agronegócio Syngenta (6.052) e a mineradora americana Freeport (3.308).

O ranking, assim como o perfil das competidoras, está disponível no site http://www.publiceye.ch/en/ranking/.

A Vale é citada como uma empresa “com longa trajetória caracterizada por condições de trabalho desumanas, violações de direitos humanos e destruição do meio ambiente” em diversas partes do mundo. A empresa é lembrada por participar do consórcio responsável pela construção da usina de Belo Monte. Para os ambientalistas , trata-se de um "empreendimento de US$ 17 bilhões planejado de forma autoritária, sem ouvir a população afetada e em desacordo com os direitos humanos e as leis ambientais”.

A Vale publicou um esclarecimento na internet no qual afirma que “a atividade mineradora gera impactos e, por isso, atua de forma a controlá-los e reduzi-los. Por essa razão, em 2011, a Vale foi considerada a melhor mineradora em gestão de mudanças climáticas, liderando o ranking do Carbon Disclosure Project (CDP) pelo segundo ano consecutivo”.

A empresa informa que prevê investimentos de US$ 1,65 bilhão em ações socioambientais em 2012, e que integra, “também pelo segundo ano consecutivo, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), reflexo do compromisso da Vale com as comunidades em que atua. A Reserva Natural Vale, em Linhares (ES), é considerada pela Unesco Reserva da Biosfera por conservar uma das últimas áreas de Mata Atlântica no Sudeste do Brasil”. A íntegra do comunicado da empresa pode ser visto na página http://valeesclarece.com/.

O GLOBO
 

26/01/2012

Réu do mensalão acumula cargos de deputado e secretário de Saúde do MT


Share/Bookmark

Pedro Henry ainda não tomou posse no Mato Grosso, mas já participa de reuniões e publicou ato no Diário Oficial do Estado; acumulação de cargos públicos é proibida pela Constituição

Eduardo Bresciani, do estadão.com.br
BRASÍLIA - Réu no processo do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF) e um dos citados na investigação da Máfia dos Sanguessugas, Pedro Henry (PP-MT) exerce ao mesmo tempo os cargos de deputado federal e secretário estadual de Saúde do Mato Grosso. A Constituição, no inciso XVI do artigo 37, proíbe a acumulação de cargos públicos.
A Secretaria-Geral da Mesa da Câmara dos Deputados informou na quinta-feira, 26, não ter recebido ainda nenhum pedido de licença do deputado. O parlamentar, porém, tem atuado como secretário. Henry foi nomeado no dia 16 de janeiro e um ato assinado por ele foi publicado no Diário Oficial do Mato Grosso no dia 20 de janeiro. Na quinta, Henry teve reuniões com o governador Silval Barbosa (PMDB-MT) e em outros órgãos da administração estadual.
O Código de Ética da Câmara determina ser um "dever fundamental" do deputado respeitar e cumprir a Constituição e cita o descumprimento deste dever e usar verbas em desacordo com os princípios fixados na carta magna como violações passíveis de processo por quebra de decoro parlamentar.
Em entrevista por telefone ao Estado, Henry negou estar atuando como secretário de Saúde. Alegou não ter tomado posse oficialmente. "Tenho cinco mandatos. Já tenho experiência para não fazer uma bobagem dessa. Sei da ilegalidade." O parlamentar ressaltou que enfrenta problemas de saúde e disse ter comunicado o gabinete do governador nessa terça-feira, dia 24, que estava em condições para assumir e aguarda a resposta para se licenciar da Câmara.
Sobre o ato publicado no Diário Oficial do Mato Grosso que leva sua assinatura afirma ter se tratado de um "erro" da secretaria. "Não é assinatura minha, houve um erro na publicação. Eu até estava no hospital nesta data". Nega ainda ter tratado de assuntos relativos à secretaria na audiência que teve com o governador ontem. "Eu sou deputado e estava tratando de assuntos do estado".
Henry ficou irritado ao ser questionado se a demora em se licenciar tem alguma relação com o fato de seu suplente, Roberto Dorner, ter trocado o PP pelo PSD do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab. "Não admito essa insinuação." O fato é que enquanto Henry acumula os dois cargos o suplente continua fora da Câmara.

Filha de Chávez publica na internet foto em que segura notas de dólar


Share/Bookmark

Imagem apareceu em redes sociais e irritou venezuelanos; compra da moeda no país é limitada


CARACAS - Uma das filhas do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, provocou polêmica ao publicar na internet uma foto em que aparece segurando um "leque" de notas de dólares americanos. A venda da moeda é controlada no país e a atitude da garota, de 14 anos, irritou muitos venezuelanos, segundo o jornal britânico The Guardian.
A filha do presidente venezuelano e as notas de dólar - Reprodução/Instagr.am
Reprodução/Instagr.am
A filha do presidente venezuelano e as notas de dólar
Rosinés Chávez mantém uma conta no site Instagr.am, aplicativo com o qual usuários de iPhones podem compartilhar imagens gratuitamente. De acordo com o diário britânico, ela postou na conta uma foto com o cantor canadense Justin Bieber. A maioria das imagens, contudo, é de cunho pessoal. Na foto polêmica, ela aparece com as notas da moeda americana diante do rosto. A foto não está mais disponível na conta da garota.
Medidas
Como forma de controlar a compra da moeda, Chávez limitou, em 2003, o valor anual de câmbio a US$ 3 mil por pessoa. O montante é suficiente apenas para pequenas viagens. O câmbio ainda é feito com uma taxa oficial e as regras são ditadas pela Comissão de Administração de Divisas (Cadivi), agência oficial do governo de Caracas.

Blog do Noblat revela que Gilberto Carvalho queria ser ouvido sobre o caso Celso Daniel. Acaba de ser convidado para tratar do assunto numa entrevista à coluna


Share/Bookmark
Em seu blog, o jornalista Ricardo Noblat publicou nesta quinta-feira, com o título “O ministro Gilberto Carvalho esclarece”, a nota abaixo reproduzida em itálico. Volto em seguida:
“O Jornal da Band veiculou, no dia 17/01, matéria com acusação do irmão do ex-prefeito Celso Daniel em relação ao ministro Gilberto Carvalho. No final da matéria, a apresentadora do Jornal da Band afirmou: “Todos os personagens citados nesta reportagem foram ouvidos pela Band, mas não responderam aos pedidos de entrevista”.
Essa afirmação era falsa, pois o ministro Gilberto Carvalho – que se encontrava em viagem de férias – não tinha sido procurado pelo Jornal da Band. Para consertar seu erro, o Jornal da Band enviou solicitação de entrevista no dia seguinte, respondida com o email abaixo.
Como a matéria do Jornal da Band deu origem a uma nota no Blog do Augusto Nunes sobre o suposto silêncio do ministro em relação ao assunto, solicito que seja esclarecido aos seus leitores que o ministro Gilberto Carvalho já afirmou exaustivamente que as acusações dos irmão de Celso Daniel não são verdadeiras.
Cabe acrescentar que Augusto Nunes também não procurou o ministro antes de analisar e tirar conclusões equivocadas sobre um silêncio que só existiu por conta do erro do Jornal da Band.
Sérgio Alli, Assessoria de Comunicação da Secretaria-Geral da Presidência da República”
Acabei de enviar a Sérgio Alli o seguinte email:
Prezado Sérgio Alli:
Tendo em vista seu email publicado no Blog do Noblat, peço-lhe que faça chegar ao ministro Gilberto Carvalho meu interesse em entrevistá-lo para o site de VEJA sobre o caso Celso Daniel. Ele poderá escolher a data, o horário e o local da entrevista, que terá a duração mínima de 30 minutos. O tempo máximo será fixado pelo entrevistado. Comprometo-me a divulgar a íntegra da gravação, sem cortes, sem nenhum tipo de edição, sem textos introdutórios e sem comentários adicionais. O vídeo se limitará a registrar perguntas e respostas. Espero que o ministro não se negue a contribuir para esclarecer dúvidas que continuam a intrigar milhões de brasileiros. Agradecimentos antecipados. Augusto Nunes.  

Se pedir asilo ao Brasil, cubana terá que deixar blog


Share/Bookmark
BERNARDO MELLO FRANCO
ENVIADO ESPECIAL A PORTO ALEGRE

O assessor internacional da Presidência Marco Aurélio Garcia disse nesta quinta-feira que a cubana Yoani Sanchez não poderá manter seu blog com críticas ao regime castrista caso peça asilo ao Brasil.

Ele disse acreditar que Yoani não usará o visto brasileiro, que recebeu ontem, para pedir asilo ou refúgio político.

"Acho difícil para ela manter esta atividade [o blog] como exilada. O exilado político não pode ter atividade política no país que o recebe. Não me parece que ela queira isso."

Questionado sobre a possibilidade de Cuba dar permissão Yoani a sair do país, Garcia se esquivou: "O visto está dado. Isso vocês têm que perguntar ao governo cubano."

Segundo o assessor, que acompanha a presidente Dilma Rousseff no Fórum Social Temático, a blogueira recebeu o visto do Itamaraty porque "preenche todos os requisitos" para visitar o Brasil.

Ele disse acreditar que o caso não marcará a visita de Dilma à ilha, marcada para o próximo dia 31. A presidente deve se encontrar com Raul e Fidel Castro.

Marcelo Camargo/Folhapress
Para o assessor Marco Aurélio Garcia, blogueira cubana Yoani Sánchez terá que deixar blog caso peça asilo ao Brasil
Para o assessor Marco Aurélio Garcia, blogueira cubana Yoani Sánchez terá que deixar blog caso peça asilo ao Brasil

25/01/2012


Share/Bookmark

Share/Bookmark
Ao Vivo
AO VIVO
Prédio desaba parcialmente no Centro do Rio de Janeiro

Share/Bookmark

Prédio desaba parcialmente no Centro do Rio de Janeiro


Share/Bookmark

Abaixo, a lista dos que convocavam a baderna em São Paulo; há quase mais organizadores do que manifestantes. Divulguem! É bom o paulistano saber quem quer o quê


Share/Bookmark
A baderna em São Paulo foi promovida, nesta quarta, por um grupelho. A PM fala em 200 pessoas. Os manifestantes, em 1000. Digamos que houvesse 600 — o que eu duvido. Vá lá. O curioso é que há mais de 100 (!!!) entidades que convocaram o tal protesto. Há quase mais organizadores do que manifestantes, mais caciques do que índios. A lista está aí. Reúne de tudo, com destaque para parlamentares do PT e grupos ligados à descriminação das drogas. Se cada entidade dessas juntasse ao menos 10 pessoas, haveria mais gente na baderna do que o número de propaganda que eles próprios divulgam
Espalhe a lista! É bom saber quem está de qual lado em São Paulo. Ah, sim: eles se chamam “sociedade civil”. Então tá! Felizmente, a sociedade civil na cidade reúne um pouco mais do que alguns celerados que fazem da cracolândia uma causa humanista e que condenam um governo por cumprir uma determinação judicial.
Eis os organizadores:Ação dos Cristãos para a Abolição da Tortura (ACAT-Brasil)
Ação da Cidadania SP
Ação da Cidadania, Contra a Fome, Miséria e pela Vida - SP
Ação e Cidadania Planeta 21
Amparar - Associação de Amigos e Familiares de Presos
ANEL - Assembléia Nacional dos Estudantes Livres
Associação Brasileira de Saúde Mental (Abrasmesp)
Associação de Moradores e amigos da Santa Ifgênia e Luz (AMOALUZ)
Associação Pró Falsêmicos (Aprofe)
Associação Sem Teto da cidade de São Paulo (ASTC-SP)
Associação Vida em Ação
Avoa núcleo artístico
Barricadas Abrem Caminhos
Bloco do Saci do Bixiga
Brava Cia de Teatro
Brigadas Populares - SP
Buraco D´oráculo
Campo Debate Socialista
Cedeca Interlagos
Central de Movimentos Populares (CMP)
Centro de Convivência É de LeiCentro Franciscano Chá do Padre (Sefras)
Centro Gaspar Garcia de Direitos Humanos
Cia Antropofágica de Teatro
Cia do Latão
Cia Estável de Teatro
Cia Ocamorana de Teatro
Cia Parlendas de Teatro
Cia São Jorge de Variedades
Ciranda Internacional de Comunicação Compartilhada
Circulo Palmarino
Coletivo Artístico Elenco de Ouro -  Curitiba - PR
Coletivo Desentorpecendo A Razão (DAR)
Comitê para a Democratização da Informática - SP
Comitê Paulista pela Memória, Verdade e Justiça
Cooperativa Paulista de Teatro
Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (CONDEPE-SP)
Conselho Regional de Psicologia (CRP) de São Paulo
Conselho Regional de Serviço Social do Estado de São Paulo
Contraponto
CSP - Conlutas
Dolores Bocaaberta Mecatrônica
Estudo de Cena
Espaço Cultural Latino-americano (ECLA)
Folias D´ Arte - Grupo de teatro
Fórum Centro Vivo
Fórum da Esquerda
Fórum de Juventudes RJ
Frente Estadual Antimanicomial de São Paulo
Fórum Popular de Saúde Mental da Região do ABCDMRR
Fórum Permanente de Acompanhamento das Políticas Públicas para População em Situação de Rua de São Paulo
Forum Regional de Defesa do Direito da Criança e do Adolescente - Sé
Frente de Luta por Moradia (FLM)
Grupo de Estudos Pandiá Calógeras (GEPC)
IDENTIDADE - Grupo de Luta pela Diversidade Sexual
Instituto Cultural Lyndolpho Silva (ICLS)
Instituto de Estudos, Formação e Assessoria em Políticas Sociais - Pólis
Instituto Práxis de Direitos Humanos
Juventude Libre
Kiwi Cia de Teatro
Mandato Deputado Estadual Adriano Diogo (PT)
Mandato Deputado Estadual Carlos Giannazi (PSOL)
Mandato Deputado Federal Ivan Valente (PSOL)
Mandato Vereador Carlos Neder (PT)
Mandato Vereador Ítalo Cardoso (PT)
Mandato Vereadora Juliana Cardoso (PT)
Marcha da Maconha - SP
Marcha da Maconha - Recife
Marcha Mundial das Mulheres
Militância em Ambientes Virtuais do PT - (MAVPTSP)
Movimento Água Branca
Movimento de Moradia da Região Central - MMRC
Movimento de Teatro de Rua
Movimento dos Trabalhadores de Teatro
Movimento dos Sem JuízoMovimento Nacional de Direitos Humanos (MNDH)
Movimento Nacional de Luta Antimanicomial
Movimento Nacional do Povo de Rua
Movimento Negro Unificado - MNU
Movimento ParaTodos São Paulo
Movimento Passe Livre - MPL-SP
Movimento Sem Teto do Centro (MSTC)
Núcleo de Defesa dos Dirreitos Humanos da População em Situação de Rua e Catadores de Materiais Recicláveis de São Paulo. NDDH-SP
NEILS (Núcleo de Estudos  de Ideologias e Lutas Sociais (PUC)
Núcleo de Direito à Cidade da Faculdade de Direito da USP
Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre Psicoativos (NEIP)Núcleo Pavanelli de Teatro de Rua e Circo
Ocupa Sampa
Partido Comunista Brasileiro - PCB
Pró Centro - Sustentável
Promotora Legal Popular
PSOL-SP
PSTU
Rede 2 de Outubro
Rede de Juventudes de Favela - RJ
Rede Estadual de Saúde Mental e Economia Solidária
Rede Internúcleos da Luta Antimanicomial - SP
Roda do Fomento
Setorial de Direitos Humanos do PSOLSindicato dos Guardas Civis de São Paulo - Sindguardas
Sindicato dos Metroviários de SP
Sindicato dos Trabalhadores da Saude do Estado de São Paulo - SindSAÚDE
Tribunal Popular - O Estado no banco dos réus
Trupe Olho da Rua - Santos - SP
UneAfro
União da Juventude Comunista - SP
União de Movimentos de Moradia - UMM-SP
Unidos Pra Lutar!
Por Reinaldo Azevedo