11/12/2012

Joaquim Barbosa diz que denúncias de Valério devem ser investigadas


Share/Bookmark


Presidente do STF participou na manhã desta terça-feira de sessão do CNJ

O GLOBO
 

Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal
Foto: André Coelho / Arquivo O Globo

Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal FederalANDRÉ COELHO / ARQUIVO O GLOBO

BRASÍLIA - O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Joaquim Barbosa, disse nesta terça-feira que as denúncias de Marcos Valério devem ser investigadas. Lacônico, ele não quis comentar o assunto, mas respondeu rápido sobre o tema quando foi perguntado sobre a necessidade de investigação.

- Creio que sim - disse sobre a necessidade de apurar o caso.
A frase foi dita após sessão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), órgão que Joaquim também preside.
Em depoimento à Procuradoria Geral da República (PGR), o publicitário Marcos Valério disse que bancou, com R$ 100 mil, gastos pessoais de Lula. Ainda segundo Marcos Valério, o ex-presidente teria concordado com o esquema de empréstimos fraudulentos. Em Paris, onde participa de evento com a presidente Dilma, Lula informou que não vai se pronunciar sobre o caso.

Valério foi condenado a 40 anos, um mês e seis dias de prisão pelo envolvimento no mensalão, além de multa de R$ 2.783.800. Ele procurou espontaneamente o Ministério Público na tentativa de conseguir, com as novas revelações, uma redução na pena, por meio da delação premiada.


 

Nenhum comentário: