01/03/2012

Oposição 'encena' cerimônia da privatização dos aeroportos


Share/Bookmark

Ato reuniu 30 deputados e senadores e fez referência às concessões dos aeroportos de Guarulhos, Viracopos e da capital do País à iniciativa privada

Leonêncio Nossa, da Agência Estado
BRASÍLIA - Cerca de 30 deputados e senadores da oposição encenaram no fim da manhã desta quinta-feira, 1º, no Aeroporto Internacional de Brasília, a cerimônia de descerramento de placa marcando a celebração da "primeira grande privatização do PT", em referência às concessões dos aeroportos de Guarulhos e Viracopos, em São Paulo e de Brasília à iniciativa privada.
Senadores e deputados levam a placa para o aeroporto de Brasília - Dida Sampaio/AE
Dida Sampaio/AE
Senadores e deputados levam a placa para o aeroporto de Brasília
"1º de março de 2012, celebração da primeira grande privatização do governo do PT. Presidente da República Dilma Rousseff. Valor da privatização 4,5 bilhões", registrava a placa em papelão preto com letras douradas, que pregada em uma coluna do aeroporto, no saguão do aeroporto.
O senador José Agripino (DEM-RN) um dis participantes da manifestação, disse que a presidente e o PT condenaram na campanha presidencial o modelo de privatização e agora estão vendendo as "joias da coroa". "O nome privatização foi usado como se fosse uma ignomínia. Agora eles reconhecem que é um caminho de saída, mas estão trilhando esse caminho de forma errada, pois estão colocando em concorrência apenas os aeroportos viáveis", disse.
O deputado ACM Neto (DEM-BA) disse que a presidente Dilma Rousseff fez campanha contra a privatização e agora numa "contradição" está chamando a iniciativa privada para participar da melhoria da infraestrutura do País. "A presidente se rendeu aos fatos e chamou a iniciativa privada. Isso evidencia que o PT do passado é um e o PT do presente é outro".
ACM também criticou o fato de o governo abrir concessão apenas para aeroportos das grandes cidades. "Os aeroportos privatizados têm um elevado interesse. Mas o problema ocorre no Brasil inteiro. Há muitos gargalos para serem resolvidos", disse. ACM Neto informou que o DEM, o PSDB e outros partidos da oposição vão realizar uma série de eventos de caráter "simbólico" nos próximos meses, para mostrar obras que estão paradas e eram promessa de campanha de Dilma. Eles pretendem mostrar, por exemplo, problemas na área de saúde. "Queremos chamar a atenção do País para as promessas que não foram cumpridas", disse.
Após o registro da manifestação a placa foi retirada por um funcionário do aeroporto e os parlamentares embarcaram para seus respectivos estados.

Nenhum comentário: