22/02/2012

Grupo de partidários do governo equatoriano inicia campanha contra a imprensa mundial


Share/Bookmark
Por Liliana Honorato/AP 
Um grupo de partidários do governo equatoriano, chamado correistas.com, iniciou umacampanha contra a imprensa mundial, que tem criticado o presidente do país, Rafael Correa, por suas diversas ações contra as liberdades de imprensa e expressão, informou a ONG equatoriana Fundamedios.
A campanha, intitulada "Chega de tantos ataques contra o Equador", é apoiada por pessoas ligadas ao governo, como o Secretário de Administração Pública, Vinicio Alvarado, para quem não se pode "permitir que os interesses de certa imprensa manchem, a nível mundial, a imagem do Equador", explicou a Fundamedios em comunicado.
Por outro lado, a Embaixada do Equador na Espanha mandou uma carta aos veículos de comunicação espanhóis, pedindo que eles respeitem a decisão da Corte Nacional de Justiça do Equador no caso do diário El Universo, acrescentou a EFE. A embaixadora Aminta Buenaño disse na carta que a liberdade de expressão "não é um direito absoluto que se impõe sobre o direito à honra", acrescentou a EFE.
Correistas.com também mantém uma página no Facebook, com mais de 125 mil seguidores, chamada “Os honestos são MAIORIA e votaremos SIM”. “Acreditamos, apoiamos e fortalecemos os processos democráticos que estão fazendo história" no Equador, diz a página.

Nenhum comentário: