08/11/2011

Aqui, os “livros” dos terroristas que estavam “acafofados” na Reitoria


Share/Bookmark
Na delegacia, alguns ditos “estudantes” — e, acreditem, seus respectivos papais e mamães — reclamam da “truculência” da Polícia, o que é uma mentira óbvia, e dizem que suas armas são os livros. Vejam isto.
coqueteis-molotov
São coquetéis molotov encontrados no prédio. Também havia um galão com gasolina. Não é a primeira vez que vagabundos guardam substâncias inflamáveis para “enfrentar a repressão”. As esquerdas têm conseguido impedir o Brasil de aprovar uma lei que puna o terrorismo, embora a Constituição o considere crime inafiançável e imprescritível.
É isto: eles se prepararam para ações terroristas. Se a PM não os surpreende no fim da madrugada, não teriam hesitado em incendiar o prédio, vai saber com quais conseqüências.
Por Reinaldo Azevedo

Nenhum comentário: