11/10/2011

Juiz de Fora terá primeira paróquia em homenagem a João Paulo 2º


Share/Bookmark
GUSTAVO HENNEMANN
DE SÃO PAULO


A cidade mineira de Juiz de Fora (255 km de Belo Horizonte) irá inaugurar na próxima semana a primeira paróquia brasileira que levará o nome do papa João Paulo 2º.

O Vaticano autorizou a criação da paróquia em julho, atendendo a um pedido da arquidiocese de Juiz de Fora.

A nova unidade da igreja será oficialmente criada no dia 22 de outubro com uma missa presidida pelo arcebispo metropolitano, dom Gil Antônio Moreira. Antes haverá procissão.

A paróquia Beato João Paulo 2º será composta por seis igrejas distribuídas em cinco bairros da cidade, segundo o padre João Francisco Batista da Silva, responsável pela organização da nova unidade.

"A criação da paróquia era um anseio da comunidade havia anos. Isso vai permitir que tenhamos mais padres e uma melhor estrutura para atender aos fiéis", afirma.

Paolo Cocco - 10.abr.03/France Presse
O papa João Paulo 2º acena para os fiéis durante cerimônia no Vaticano em foto de 2003
O papa João Paulo 2º acena para os fiéis durante cerimônia no Vaticano em foto de 2003

A sede provisória da nova paróquia será numa igreja dedicada a Nossa Senhora Aparecida. No entanto, há a intenção de construir uma nova igreja em homenagem ao papa para torná-la sede definitiva, segundo o padre.

"Estamos muito felizes por ter conseguido essa dádiva [a criação da diocese]. A comunidade vibrou muito e se emocionou, porque ele foi uma pessoa muito carismática, soube cativar o mundo e especialmente o Brasil", afirma.

Na próxima semana, haverá eventos diários com missas e orações para celebrar a criação da diocese.

Apesar de a autorização do Vaticano ter sido concedida em julho, a arquidiocese decidiu esperar para inaugurar a paróquia formalmente em 22 de outubro, data em que o papa iniciou seu pontificado, em 1978.

Nessa data, também são realizadas as festas para venerá-lo na diocese de Roma e nas dioceses da Polônia, onde nasceu.

O papa, cujo nome de batismo era Karol Wojtyla, morreu em 2005, aos 84 anos, e foi beatificado em maio deste ano.

A beatificação é o terceiro passo no processo de canonização, que foi iniciado apenas 42 dias após sua morte. Para que ele seja considerado santo, a igreja precisa reconhecer a intercessão de João Paulo 2ë na realização de um segundo milagre.

Nenhum comentário: