23/10/2011

FHC evita críticas a Dilma, mas diz que há 'muita denúncia'


Share/Bookmark

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso evitou criticar a decisão da presidente Dilma Rousseff de manter o ministro Orlando Silva (Esporte) no cargo após acusações de supostos desvios na pasta, mas disse que há "muita denúncia" no governo.

Questionado sobre o assunto, o FHC disse que era preciso "dar tempo ao tempo" e que acreditava que Dilma ainda estava "considerando" a situação de Orlando. "Eu sou ex-presidente e não tenho que opinar por uma coisa tão desagradável que demitir alguém", afirmou.

'Não compactuei com o malfeito, não o admito', diz Orlando Silva
Planalto e PC do B já avaliam nomes de sucessor no Esporte
Pastor afirma que Esporte cobrou propina de 10% para PC do B

Já sobre a pressão para que a presidente troque o comando do Ministério do Esporte, FHC disse: "Isso sempre foi assim. Quando saí uma denúncia é assim. O problema é que está tendo muita denúncia".


 

ELEIÇÃO

O ex-presidente falou à imprensa após participar do lançamento do portal tucano "Sua Metrópole", uma rede social do PSDB que irá promover debates para a eleição à Prefeitura de São Paulo.

Além de FHC, os quatro pré-candidatos do partido --os secretários estaduais Andrea Matarazzo (Cultura), Bruno Covas (Meio Ambiente) e José Aníbal (Energia), e o deputado federal Ricardo Trípoli-- participaram do evento que foi o primeiro do ciclo de seminários que o PSDB fará para apresentar seus pré-candidato oficialmente à militância.

O processo faz parte da preparação para as prévias da sigla, ainda sem data marcada

Nenhum comentário: