01/09/2011

Inspirado em Dirceu, PT retoma o lero-lero anti-mídia


Share/Bookmark

A cúpula do PT decidiu retirar do baú um tema adormecido: a defesa da regulação da mídia.

Sob influência de José Dirceu, que se diz perseguido pela impresa, especialmente por ‘Veja’, a Executiva do partido resolveu desenrolar a velha bandeira.

O assunto erá ressucitado num trecho da resolução a ser aprovada no 
4o Congresso Nacional do PT, no fim de semana.

Segundo o secretário de Comunicação do PT federal, deputado André Vargas (PR), o documento vai propor um “debate nacional” sobre o marco regulatório da mídia.
No final da gestão Lula, o então ministro Franklin Martins (Comunicação Social) entregara um projeto.

Mandado ao freezer por Dilma Rousseff, o texto é apoiado pelo PT. O companheiro Vargas comenta:

“O governo pode ter uma posição diferente da do PT, até porque o governo não é composto apenas pelo PT, tem seu tempo…”

“…Esse é um assunto relevante para o país. Temos divergências em relação a outros assuntos como as 40 horas semanais e o fim do fator previdenciário.”

De fato, o marco regulatório da mídia, por indispensável, é ansiado pela sociedade brasileira. Não se fala noutra coisa.

O debate convulsiona as mesas dos botecos, anima as rodinhas nas festas de bacanas, abafa o som do pagode nos churrascos nas lajes. 
Josias de Souza 

Nenhum comentário: